Solucionando os problemas


Solucione os seus problemas
Resolver problemas é uma habilidade que pode ajudar a controlar as dificuldades diárias que parecem atormentar a sua vida, além de permitir que você responda satisfatória e produtivamente a elas. Desenvolver tais habilidades o ajudará a enxergar os problemas como desafios que você pode vencer.
Encontre o problema O primeiro passo é identificar qual o problema. O que está incomodando você? O que está o preocupando? Pergunte-se se a sua avaliação do problema é objetiva e concisa.
Descreva o problema Resuma o problema e se pergunte:
* Quem está envolvido?
* Onde e quando aconteceu?
   * O que procede?
* O que acontece depois?
    * Como deve agir?
  * Qual papel desempenhar?
A ideia não é puni-lo, mas determinar em que parte do problema você deve agir primeiro.
Liste possíveis soluções Decida o que você deseja da situação. Considere o que você não quer que aconteça e o que precisa que aconteça para que as coisas voltem ao normal. Seja criativo e considere todas as opções, mesmo aquelas mais incomuns, e até mesmo desagradáveis. Veja se você pode agrupar qualquer uma de suas idéias – algumas vezes, uma combinação de alternativas é a melhor solução.
Observe as conseqüências Uma vez feita a lista, observe os prós e os contras para cada opção. O que acontecerá se você escolher uma solução pessoal? Como tal decisão o fará se sentir? Isso afetará os outros? O ajudará a conseguir o que quer? Quais as conseqüências a curto e longo prazo? Quanto dinheiro e energia irá precisar para solucionar o problema? Os benefícios são maiores do que os custos? Agora, classifique as alternativas e escolha a opção que pareça ser a melhor.
Execute a solução Uma vez traçado o plano, enumere as estratégias. Tente executar a opção escolhida e, então, avalie-a. Revise e reforce seu plano até que se sinta satisfeito com tudo.
ALÍVIO POR MEIO DO RELAXAMENTO
Você não pode prevenir todas as causas do estresse, tais como uma visita inesperada da família ou de amigos ou um problema no trabalho. Contudo, você pode modificar a forma como reage a estas situações praticando técnicas de relaxamento. O relaxamento ajuda a aliviar o estresse, que pode agravar a dor crônica. Isso também ajuda a prevenir espasmos musculares e reduzir a tensão muscular.
O relaxamento não pode curar sua dor, mas pode:
* reduzir a ansiedade e conservar a energia
  * aumentar o autocontrole ao lidar com situações estressantes
  * ajudar a reconhecer a diferença entre músculos tensos e relaxados
* ajudar a controlar física e emocionalmente suas necessidades diárias
* ajudar a mantê-lo alerta, energético e produtivo
Tenha em mente, então, que os benefícios do relaxamento são tão bons quanto seus esforços. Aprender a relaxar leva tempo. Há muitos formas de relaxar, então, escolha uma que funcione melhor para você:
Respiração profunda Diferentemente das crianças, a maioria dos adultos respira pelo peito. Cada momento que você inspira, seu peito se expande, e a cada momento que você expira, seu peito se contrai. Crianças, contudo, geralmente respiram pelo diafragma, o músculo que separa o tórax do abdome. Respirar profundamente pelo diafragma – o que os adultos podem voltar a aprender a fazer – é relaxante.
Relaxamento muscular progressivo Esta técnica envolve o relaxamento de uma série de músculos, um de cada vez. Primeiramente, eleva o nível de tensão em um grupo muscular, tais como pernas e braços, contraindo o músculo e depois relaxando-o. Concentre-se em deixar a tensão ir embora de cada músculo. Então, trabalhe outro grupo muscular. Seja cuidadoso, contudo, não force os músculos próximos às regiões mais dolorosas.
Repetição de palavras Escolha uma palavra ou frase para você relaxar e, então, repita-a constantemente. Enquanto repeti-la, tente respirar profunda e lentamente e pense em algo que dá a você uma sensação de bem-estar.
Imaginação canalizada Também conhecida como visualização, este método se resume em se deitar tranquilamente e se imaginar num ambiente calmo e prazeroso. Além de vivenciar que está em outro ambiente, você poderá experimentar todas as sensações como se realmente tivesse lá. Por exemplo, se imagine deitado em uma praia. Visualize o céu todo azul, o cheiro do mar, o barulho das ondas e o frescor da brisa em sua pele. As mensagens que seu cérebro recebe conforme você visualiza o cenário ajudará a relaxar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Os coments são moderados para eu responder todos.

- Sua opinião, sugestão, dica e alerta são bem-vindos!